terça-feira, 29 de dezembro de 2009

Piometra


Piometra significa uma infecção uterina, que se dá normalmente de 1 a 2 meses após o cio. Os sinais clínicos da piometra são dor, apatia, aumento de temperatura, inchaço abdominal, corrimento purulento vaginal, podendo também vir a apresentar vômitos e diarréia.
A piometra ocorre normalmente em fêmeas com idades mais avançadas, mas pode vir a aparecer em qualquer idade.
O tratamento é de emergência, o animal deve ser levado imediatamente ao veterinário para a retirada do útero e ovário, administração de antibioticos e realização de uma fluidoterapia suporte.
A Castração precoce é sempre o melhor caminho para que nosso animal não venha a desenvolver doenças do trato genital, assim também como os tumores de mamas que também são bem comuns de aparecer em fêmeas inteiras.
Animais esterelizados vivem de 2 a 5 anos a mais que animais não castrados.
Qualquer dúvida, entre em contato com seu veterinário
Dra Raquel Maskovic

terça-feira, 15 de dezembro de 2009




Viajando com os animais



Para levar o animal a qualquer cidade litorânea ou para o interior, é necessário que ele esteja com medicamentos contra pulga e carrapato, medicado preventivamente contra a Dirofilariose, vermifugado e com as vacinas em dia, pois irá entrar me contato com outros animais que você não saberá a procedência.
Consulte seu veterinário para saber qual o melhor produto para seu animal, pois existem vários produtos de diferentes marcas no mercado, cada um mais específico para determinado tipo de caso.

segunda-feira, 23 de novembro de 2009

Hipotiroidismo/ Hipertiroidismo


O hipotiroidismo em cães vem sendo cada vez mais dignosticado em pequenos animais. è a falta de produção do hormônio de tireoide que é responsável pela regulação do metabolismo do animal.
Cães que possuem sinais como: lentidão, falta de pêlo, obesidade, dificuldade em realizar exercícios simples como o caminhar, uma expressão triste no rosto, feridas de peles constantes que são de muito dificil cura, etc.
Para o diagnóstico do hipotiroidismo, é necessária a realização de um exame de dosagem hormonal de T4 e TSH, saindo o resultado dos exames conseguimos realizar o tratamento de forma simples e eficaz. Trata-se de uma dosagem diaria de hormonio L-tiroxina, que vai substituindo o hormônio que o corpo não consegue sintetizar.
É sempre necessário o acompanhamento semestral de cães com hipotiroidismo para a verificação da dosagem hormonal.
Em gatos, o mais comum é o hipertiroidismo, onde o animal fica agitado, come bastante, porem não engorda, tem queda de pêlo, taquicardia. O tratamento também é feito a base de medicamentos que inibem a sintese do hormônio e deve ser tomado diariamente.

terça-feira, 27 de outubro de 2009

Pulgas: a praga


Bom dia:
Bom, como surgem sempre muitas dúvidas a respeito de controle de pulgas, estamos aqui para esclarecer um pouco a respeito da prevenção e do que fazer ao achar pulgas em seu animal:
1) Pipetas anti pulga e carrapatos para colocar na nuca do animal: essas pipetas são muito eficazes para a prevenção de pulga e carrapato, deve ser colocada mensalmente, principalmente em animais que frequentam parques, sítios ou que passeiam diariamente na rua. Porem, animais que já estão contaminados com os parasitas, não terá o efeito para acabar com eles.
2) Para animais contaminados: Em forma de spray pelo corpo todo (inclusive face) e terá que repetir a aplicação após 15 dias
3) Ambiente: Para acabar com a reinfestação, é necessário passar veneno no ambiente em que o animal se encontra, pois se o ambiente estiver infectado, irá reinfestar o animal, mesmo este estando com produtos anti-pulga.
4) Coleiras anti-pulgas: são bastante eficazes, principlamente contra carrapatos, porem o cheiro da coleira é muito forte, sendo então mais utilizado em animais que vivem ao ar livre, em chácaras e fazendas.
5) Gatos: tomem cuidados, pois existem produtos especificos para serem utilizados em gatos, alguns que são usados para cães podem levar a intoxicação do seu bichano.

Sempre consulte seu veterinário, pois a pulga e o carrapato podem transmitir doenças para seu animal.

sábado, 10 de outubro de 2009

Oncologia veterinária


Neoplasias são comuns em cães e gatos. Porem, hoje em dia, temos cada vez mais alternativas para lidar com os diferentes tipos de tumor que encontramos nos nossos animais.
A quimioterapia é uma delas, e nos animais, funciona tão bem ou até melhor do que em nós humanos, pois para eles não existe o fator psicológico envolvido no tratamento.
Quanto mais precoce o diagnóstico, melhor chance temos em prolongar a vida de nossos bichinhos, por isso, a qualquer sinal ou aparecimento de nódulo em seu animal, leve ele ao veterinário.
A castração tanto de macho quanto de fêmea diminui a incidência dos principais tumores encontrados, por isso, como prevenção, castre seu animal para prolongar seu tempo e vida!
Qualquer dúvida entre em contato
Um abraço
Dra Raquel Maskovic

sexta-feira, 9 de outubro de 2009

sexta-feira, 25 de setembro de 2009

Viajando com seu animal


Uma viagem de carro com seu animal de estimação, pode se tornar um pesadelo!!!! Para que isso não ocorra, devemos seguir certas regras para termos um percurso tranquilo tanto para eles quanto para nós.
Em primeiro lugar, precisamos achar o local ideal onde tranportá-los. No banco de trás com a guia presa ou com um cinto de segurança para cães mais dóceis, ou em uma caixa de transporte específica para o tamanho de seu animal para cães mais inquietos. Jamais deixem eles com a cabeça para fora ou soltos na caminhonete.
Remédios contra enjôos ou tranqulizantes só serão utilizados em casos de necessidade.
Importantes etapas dessa viagem é sempre fornecer água a seu animal durante as paradas, deixá-lo sempre em local que tenha uma ventilação adequada e levar eles para passear durante as paradas para supostas necessidades fisiológicas.
Para viagens de avião, o ideal é consultar a região para onde você está levando seu animal para sabermos as regras exigentes do local. Para maiores informações, consulte o site: http://www.aa.com/aa/intl/br/informacoesDeViagem/dicasDeViagem/viajandoComAnimais/viajandoComAnimais.jsp

terça-feira, 15 de setembro de 2009

Insuficiencia renal


A velhice vai chegando, e os cães e gatos acabam desenvolvendo a maioria das doenças que nós humanos desenvolvemos com o chegar da idade. Entre elas, a mais comun e de maior importância é a Insuficiencia Renal.
A Insuficiencia renal caracteriza-se pelo mau funcionamentos dos rins, que diminuem a taxa de filtração, deixando o organismos com grande quantidade de uréia, o que é uma substância tóxica para todos os órgãos quando em alta quantidade.
O sinais clínicos mais frequentementes observados pelos proprietários são: apatia, falta de apetite, emagrecimento rápido, muita produção de urina, e em determinada fase da insuficiencia, a não produção de urina , cheiro amoníaco saindo da boca, lesões em cavidade oral entre outras.
Os gatos são mais predispostos que os cães para o desenvolviemnto dessa doença. Entre os cães, raças como maltês, lhasa e poodle são os mais predispostos.
A qualquer aparecimento desses sinais, entre imediatamente em contato com o veterinário. Quanto mais precoce o diagnóstico, melhor controle conseguimos ter dos sinais dessa doença, que exige tratamento imediato e por toda a vida.

terça-feira, 1 de setembro de 2009

Cachorros abandonados



Mais uma cachorrinha abandonada na rua. Fico impressionada como as pessoas tem coragem de abandonar uma criatura tão meiga, linda e principalmente, dependente de nós para sobreviver. Cada dia que passa, escuto histórias tristes e cruéis do que as pessoas são capazes de fazer. Acredito eu que tais pessoas nunca realmente foram donas de cães, nunca sentiram o prazer de um companherismo, de uma gratidão, de um carinho, de um olhar puro, e de um amor incondicional.
Tento sempre explicar para meus clientes, mesmo aqueles que tem um cão para trabalho, ou que deixam no quintal, que o maior prazer e o intuito da vida desses bichos, é nos deixar felizes! Por isso, o que podemos fazer para retribuir é somente dar atenção a esses pequeninos!!!! E só!!!
A velhice também chega para eles, ficam doentes, requerem mais cuidados, mas quem realmente ama seu animal, sabe que fazemos isso com o maior prazer do mundo, retribuindo toda a felicidade que estes nos deram ao longo dos anos! Sim, fazem parte de nossa família, quem não acredita nessa frase, ou acha tudo uma grande bobagem, nunca realmente foi dono de um cão!

Dra Raquel Maskovic

quarta-feira, 26 de agosto de 2009

Filhotes



Quando você pega um animal filhotinho, saiba que este precisa de cuidados especiais.
A vacinação nos 4 primeiros meses de vida é mensal, este não pode entrar em contato com outros animais que não tenham sido vacinados, banhos só com a permissão do veterinário, passeios só após a última dose dos ciclos de vacinas, deixar sempre eles bem aquecidos e alimentados.
Fique bem atento ao local onde você compra o animal, o ideal são canis e gatis bem conceituados e com registro. Visite o canil/ gatil que você pretende comprar o animal, veja as condições de higiene, se os animais estão bem tratados, felizes, livres de pulgas e carrapatos.
A qualquer sinal de apatia, leve seu animal ao veterinário para este passar por uma avaliação.


Dra Raquel Maskovic

terça-feira, 11 de agosto de 2009

Fístula Anal


A fístula anal é comum na raça Pastor Alemão, mas pode aparecer em qualquer raça. Animais muito peludos, que possuem uma ventilação deficiente, acúmulo de materia fecal, e presença de umidade e secreção são os mais acometidos por essa patologia.
Os sinais clínicos são aparecimentos de fístulas ao redor do ânus, que aparecem e somem frequentemente, o animal pode apresentar dor ao defecar, sangue nas fezes, lambedura excessiva na região, o que pode ocasionar inflamação das glandulas do saco anal, levando a um odor fétido no animal.
O tratamento clínico possui uma baixa taxa de sucesso, pois é muito comum aparecerem as recidivas. Consiste no corte de pêlos ao redor do ãnus, antibioticoterapia e uso de anti-inflamatórios esteroidais.
O Tratamento cirúrgico varia de caso para caso. Pode ser feito um debridamento cirurgico das fistulas, ressecção, amputação do reto ou a amputação da cauda.
Tratamentos novos com a ciclosporina e com a crioterapia vem surgindo efeito para a maioria dos casos.
Consulte sempre seu veterinário para uma melhor avaliação.

Dra Raquel Maskovic

terça-feira, 28 de julho de 2009

Diabetes


É uma deficiência relativa ou absoluta de insulina, que é produzida pelo pâncreas.
As causas mais comuns da diabetes são: genética, imunomediada, estress, pancreatite, obesidade.
Os sintomas mais frequentes, normalmente percebidos pelos donos dos animais são: aumento do consumo de água, aumento da fome, aumento na produção de urina, cegueira súbita, fraqueza muscular, cansaço fácil, emese, hálito cetônico, entre outros.
Ar raças mais predispostas a diabetes incluem: poodles, schnauzers, beagle e pinsher. Em gatos, os machos castrados.
O diagnóstico da diabetes é simples, feito através dos sintomas (que são bem característicos), da presença de glicose na urina, e do aumento da glicemia do animal em jejum. Avaliações de enzimas hepáticas, função renal, enzimas pancreáticas, hemograma e ultrassom abdominal também são ideais para verificarmos a progressão da doença.
O tratamento desses animais é feito através de insulinoterpaia e de uma dieta extremamente balanceada para evitar picos de variações da glicemia.
Animais diagnosticados com diabetes requerem um cuidado intensivo pelo resto da vida, tanto para a aplicação da medicação nos horários estipulados, quanto para a alimentação nos horários certos para evitar uma hipoglicemia.
Evite a obesidade em seu animal, é a forma mais fácil de protegê-lo contra a diabetes.

quinta-feira, 23 de julho de 2009

DISPLASIA COXO-FEMORAL


Bom, neste blog vou comentando a respeito um pouco dos assuntos que vão aparecendo aqui na Clínica. Essa semana atendemos um caso de um Pastor Suiço, 3 anos de 50kg, que estava mancando da pata traseira direita. Ao realizar o exame de RX das articulações, descobrimos uma displasia coxo-femoral e uma lesão ligamentar em joelho direito.
A Displasia Coxo-femoral é uma doença hereditária, incide em todas as raças (principalmente os de grande porte), mais comum em pastores e labradores. Fatores relacionados com o meio ambiente (piso liso), nutricionais (aumento de peso) também influem do desenvolvimento da doença.
Para o diagnóstico seguro é necessário sedar o animal, posicioná-lo da forma correta para uma melhor avaliação das articulações e do grau da displasia.
O Tratamento consiste em amenizar a dor do animal, com o uso de anti-inflamatórios, regeneradores articulares, dieta, mudança de ambiente (piso) e evitar que o animal faça muito esforço para não desenvolver uma artrose.
Na parte cirurgica, existe hoje em dia: a denervação, que é feita para a retirada de dor do animal ou a retirada da cabeça do fêmur para formação de uma articulação falsa, mas qualquer um desses procedimentos só devem ser tomados após a avaliação de um ortopedista, que irá avaliar o estado clínico geral do animal com o tratamento mais indicado.
No caso do nosso cliente, ele está em observação, esperando uma possível denervação e reconstrução dos ligamentos patelares!
Caso saiba de algum caso de displasia, é necessário urgentemente avisar o canil de criação para parar a procriação desse animal, para evitar o nascimento de cães com esse problema tão grave.

MASKOVET CLÍNICA VETERINÁRIA

segunda-feira, 13 de julho de 2009

Otite


A otite é uma inflamação dos ouvidos. Pode ser caracterizado em :otite externa ( canal auditivo externo), e otite média ( inflamação da orelha média).
Cães com orelhas em pêndulos, especialmente Spaniels e Retriviers, t~em mais tendência a desenvolver a doença devido a falta do fluxo adequado de ar dentro do canal.
Umidade excessivas (chuva, limpeza frequente) pode também levar a infecção.
O sinais mais comuns que detectamos em nossos animais são: sacudidua da cabeça, dor, coçadura das orelhas, e orelhas fétidas. Normalmente, ao exminarmos os ouvidos, detectamos vermelhidão, descamação, presença de muita secreção, etc. É necessário a avaliação completa para sabermos qual a causa do desenvolvimento da otite.
Existe tratamento, sempre tem que ser prolongado, mínimo de 2 semanas, para não haver recidiva. Consulte o veterinário para saber sempre qual o melhor tipo de tratamento para seu animal.

MASKOVET CLÍNICA VETERINÁRIA
DRA RAQUEL MASKOVIC

segunda-feira, 6 de julho de 2009

Catarata


A catarata, assim como em humanos, é uma opacidade do cristalino, o que impede que a luz penetre na retina.
Pode aparecer em todos cães, normalmente começa a apresentar os sinais de 6 a 10 anos de idade. Também pode ser hereditário, por isso é sempre ideal conhecer o histórico do animal.
A diabetes melitus é uma das doenças de maior prevalência em cães e gatos, e sendo uma das suas principais consequencias da formação de catarata. Inflamações oculares, doenças progressivas da retina (atrofia de retina, muito comum no cocker spaniel), idade avançada (+ 7 anos) e até traumatismos, entre outros, pode levar a formação da catarata.
O sinais clinicos são: desorientação, esbarrar em objetos, brancura dos olhos. Sempre a qualquer um desses sintomas, leve seu animal ao veterinário, para saber a etiologia e a forma de tratamento.
Tratamento: O tratamento mais recomendado é o cirugico, feito atraves da focoemulsificação, no qual o cristalino do cão é quebrado e depois aspirado, deixando o cão sem cristalino.Pode ser feito com ou sem o uso de lentes.
Sempre é necessária a avaliação de um especialista, para saber se o resultado será positivo no pós-cirurgico, se o animal não possui doenças concomitantes que impeçam sua cura.

quarta-feira, 24 de junho de 2009

Solidariedade



Boa tarde:

Gostaríamos de avisar que no mês de julho é mais freqüente a incidência de problemas respiratórios em nossos animais, assim como em nós.
Por isso, nunca deixe seu cãozinho secar “ao natural” nesse frio e sempre utilizem banhos quentinhos!
Eles também sentem frio e ficam gripados, apesar de todos aquele pêlos!
Tenham uma ótima semana!

Dra Raquel Maskovic

www.maskovet.com.br

quinta-feira, 18 de junho de 2009

Dermatites


Se você tem um cão em casa das raças: Cocker Spaniel,Labrador yorkshire, basset, poodle, bullterrier, bullgog, lhasa-apso, etc já com certeza presenciou feridinhas ou lesões pelo corpo de seu animal. Normalmente vêm acompanhadas de coceira e de um desagradável odor. Estamos falando da doença mais comum que afeta nossos animais:a dermatite.
São várias as causas da dermatite: sarnas, processos alérgicos, infecções bacterianas, fungos, escabioses, doenças endócrinas, etc , por isso é sempre bom a qualquer alteração na pelagem de seu animal, levá-lo a um veterinário para que possa ser feito o tratamento correto antes da progressão da doença.
Fique de olho!
Dra Raquel Maskovic

terça-feira, 9 de junho de 2009

Festa junina


Boa tarde:

Esse mês preparamos bandanas juninas para nossos bichinhos, espero que vocês gostem!
Cuidado com nossos queridinhos nas festas de são joão, pois bombinhas, fogos, etc podem levar nosso animal a um estresse muito grande! Fiquem de olho!
MASKOVET CLÍNICA VETERINÁRIA

terça-feira, 2 de junho de 2009

Benefícios de ter uma animal


1: Minimiza a tristeza, depressão, solidão, ampara em momentos de doença, crises familiares, etc
2: Em crianças, ensinam a ter responsabilidade, aceitação, auto-estima e simpatia.
3: Auxiliam na interação com pessoas desconhecidas, facilitando novas amizades e um melhor convívio social.
4: Auxiliam pessoas com problemas especiais a se sentirem menos sós, a interagirem, a terem independência, felicidade e um convívio melhor.
5: Melhora a qualidade de vida de idosos, reduzindo seus sentimentos de solidão, estresse, ajudando em atividades físicas, como caminhadas.
6: Tratamentos clínicos de fobias.

Por esses e muitos outros motivos, é sempre aconselhável termos um animalzinho ao nosso redor, apesar de toda a responsabilidade que temos para com eles, eles nos retribuem com amor incondicional, felicidade e companhia. Escolha a raça que mais se adapte com seu estilo de vida e com suas condições físicas, ambientais e financeiras.

Dra Raquel Maskovic
CRMV 20001
MASKOVET CLÍNICA VETERINÁRIA
Avenida nazaré, 278 Ipiranga

segunda-feira, 18 de maio de 2009

Ciúmes


Sim, nossos bichinhos são muito ciumentos... Sentem ciúmes de outros animais, de nossos amigos, de nossa família... É muito comum você ouvir falar da chegada de um novo integrante na família e o nosso bichinho começar a fazer xixi no lugar errado, não querer comer, ficar triste, depressivo e muitas vezes até mesmo agressivo. Essa fase de introdução de um novo membro requer cuidados e paciência, pois dali podemos começar uma convivência difícil e perigosa entre eles.

Precisamos dividir nossas atenções e saber como usá-las em cada momento, muitas vezes é necessário recorrer a ajuda de um profissional (adestrador) para conseguimos adaptá-los. Por isso, na chegada de uma criança, não pense primeiramente na solução mais fácil que é a de se desfazer do animal, é uma vida que também depende de nós... Tente adaptá-los, fazer dessa uma convivência agradável e harmoniosa, pois os animais também ensinam aos pequeninos como levar uma vida de companheirismo, felicidade e responsabilidade!!!! Vai ser muito bom! Acredite!


Dra Raquel Maskovic

MASKOVET CLÍNICA VETERINÁRIA

quarta-feira, 13 de maio de 2009

www.maskovet.com.br

terça-feira, 12 de maio de 2009

PROCURA-SE NAMORADA



Procura-se namorada para o Yuki, um lindo spitz alemão, de 4 anos de idade.
Quem souber de alguma spitz que esteja querendo um namorado, entre em contato conosco!

Tosse dos canis


A tosse dos canis (Traqueobronquite) é um tipo de resfriado canino, muito comum de occorrer nessa época de frio. O animal começa a apresentar sintomas como tosse, febre, falta de apetite e corisa.

A transmissão ocoor através do contato com as secreções de um cão infectado para um cão sadio. Os sintomas podem aparecer de 8 a 15 dias.

Para evitar o aparecimento da doença, o cão deve ser vacinado anualmente contra o vírus. O ideal é evitar também que seu animal seja exposto a muita umidade ou friagem nessa época do ano!

Cuide bem de seu bichinho, nunca esquecendo das vacinas e dos vermífugos anuais.


Dra Raquel Maskovic

MASKOVET CLÍNICA VETERINÁRIA - IPIRANGA

segunda-feira, 4 de maio de 2009

Coprofagia


Significa o ato de comer fezes, desde as próprias até as alheias.
Pode estar associado tanto a doenças (má alimentação, dietas ricas em fibras, deficiência da produção de enzimas digestivas) quanto a distúrbios comportamentais (manter o local limpo, anisedade, atenção do dono).
O caso comportamental é muito comum nos filhotes para chamar a atenção de seus donos ou esconder as fezes para não "tomar bronca" quando vista pelo dono , nesse caso, o tratamento é efetuado recorrendo ao adestramento. Colocar algo desagradável nas fezes (como desinfetantes ou vinagre, limão) também serve para ajudar.
Quando o caso não é comportamental, deve-se levar urgentemente o animal ao veterinário para ser feita uma analise do quadro clínico, condições físicas e exames que possam detectar qual o problema para que possa ser tratado o quanto antes!!!!!
Ótima semana a todos!
Dra Raquel Maskovic

quarta-feira, 22 de abril de 2009

Glândulas Anais


São duas bolsas ao redor do ânus do animal que servem para lubrificar as fezes e, como os animais se reconhecem pelo odor, funcionam como instrumento de uso entre eles.
As disfunções nessas glandulas levam o animal a lamber, morder e esfregar o bumbum o chão.
No caso de inflamações, o líquido presente deverá ser retirado e deve-se fazer a limpeza e o tratamento do local. Esse procedimento deverá ser repitido semanalmente até a cura completa. Caso evoulua para um processo crônico, a remoção das glandulas é o tratamento aconselhado.
Consulte sempre um médico veterinário para saber a origem da doença e como deve ser tratado.

quinta-feira, 16 de abril de 2009

AGENDA

Estamos primeiramente escrevendo para avisar que esta segunda-feira, dia 20/04 e terça-feira dia 21/04 , não abriremos a MASKOVET devido ao feriado de Tiradentes. Então programem banhos, tosas, vacinas e consultas de seus bichinhos.
Também para avisar que dia 01 de maio a Dona Mirian entrará de férias de 1 mês, então estaremos com um novo funcionário esse mês para substituí-la em maio.
Bom feriado!


MASKOVET CLÍNICA VETERINÁRIA

video

terça-feira, 7 de abril de 2009

Páscoa


Bom dia!
Estaremos funcionando nesse sábado de páscoa normalmente, das 9:00 às 17:00hs!
Como sexta-feira não iremos abrir, quinta-feira já está uma loucura, então agendem o banho de seu animalzinho antecipadamente!
Não esqueçam que o CHOCOLATE é um veneno para nossos animais, não pode ser dado "nem um pedacinho" , pois tem propriedades que intoxicam nossos bichinhos.
Hoje em dia existe no mercado alimentos próprios para eles para dar nessa época de páscoa,o chamado chocolate para cachorros, procure em shoppings de animal, sempre lembrando de dar com moderação.


Dra Raquel Maskovic

quarta-feira, 1 de abril de 2009

PROPRIETÁRIOS





Hoje gostaria de prestar uma homenagem aos donos dos animais que confiam em nós da equipe MASKOVET, fico feliz em saber que nosso serviço é tão bem reconhecido e recomendado. Estamos abertos há 3 anos e crescendo aos poucos cada vez mais graças a vocês.
Muito obrigada por tudo e espero que cada dia mais possamos corresponder a todas as expectativas de vocês!
Atenciosamente
Dra Raquel Maskovic

Ps: mandem fotos de seus animais para colocarmos em nosso blog!

sábado, 28 de março de 2009

ADOÇÃO URGENTE


Esse coitado foi deixado amarrado na grade do museu, já passou por três lares provisórios e apesar de bonzinho, não encontrou um lar com espaço suficente. Quem puder ajudar ou encontrar alguem que possa doá-lo ... Precisa ter um espaço bom...


DOAÇÃO HOTTWEILLER - MACHO
CONTATO: SUZANA 9954-4268




OI, MEU NOME É IRON. SOU GRANDE E FORTE, TENHO DOIS ANOS E JÁ FUI VACINADO. PRECISO DE UM NOVO LAR URGENTE!
Já está castrado

quinta-feira, 26 de março de 2009

VACINAÇÃO



A vacinação é uma das etapas mais importantes para mantermos a saúde de nosso bichinho. Muita gente não sabe que a vacinação deve ser ANUAL , pois o prazo de proteção dela é de 1 ano, tanto em cães quanto em gatos.
Vamos aqui explicar um pouco o que contêm nas vacinas para cães e gatos, e o porque delas serem tão importantes.
Cães:
V8: Contem Anti-corpos contra doenças dos vírus: (quase sempre fatais)

- Cinomose : causa diarréia, vômitos, pneumonia, alterações neurológicas e até pode levar a uma paralisia.
- Hepatite: atinge o fígado do animal, podendo causar uma falência hepática
- Adenovírus Tipo 2: traquobronquie infecciosa
- Parainfluenza: afeta a parte respiratória do animal
- Parvovirose: afeta cães filhotes ou animais imunodeficientes,aparece como uma diarréia líquida sanguinolenta, vômitos e desidratação intensa.
- Leptospirose ( L. canícula e L. icterohaemorrhagiae): transmitida pela urina de ratos, causa icterícia, sangramento intenso. É uma zoonose, podendo ser transmitida aos homens.
- Coronavírus: doença infecciosa intestinal, caracterizada por diarreia e vômitos.

Gatos:
V4: proteção contra:

- Rinotraqueíte:também conhecido como herpesvirus, pode causar até necrose das vias aéreas superiores.
- Calcivirose: forma úlcera orais, rinite, pneumonia e crostas no nariz.
- Panleucopenia: afeta animais jovens, causando febre, vômitos, diarréia, anorexia e depressão
- Clamydia: apresenta sinais oculares, conjutivites, tosse e espirros.

ANTI- RÁBICA:

Importante para as 2 espécies de animais, protege o animal contra a Raiva, doença que está praticamente extinta no Brasil, mas ainda apresenta alguns casos relatados em cães, que foram contaminados através de morcegos hematófagos (que se alimentam de sangue).
A morte doa animais contaminados ocorre de 3 a 7 dias a partir do início dos sinais clínicos.
É uma zoonose, o animal pode contaminar os humanos através da mordedura , quando se apresenta na fae agressiva da doença.
A revacinação também é anual.

PNEUMODOG
Conhecida também através da tosse dos canis, é altamente contagiosa e disseminada por aerosol. Portanto ela é comum em canis e em locais onde há a presença de cães confinados.
O início da doença manifesta-se por tosses brandas e pode evoluir para um quadro de broncopneumonia bacteriana.
Revacinação anual. Essa vacina é dada em cães somente.

Mantenha a vacinação atualizada de seu animal para evitar que ele contraia qualquer uma dessas doenças agressivas.

Qualquer dúvida, entrem em contato conosco.
Dra Raquel Maskovic






segunda-feira, 23 de março de 2009

terça-feira, 17 de março de 2009

COMPANHEIROS



Acredito que todos os animais vieram ao mundo para nos ajudar a encarar a vida de uma forma diferente, mais alegre, com mais compaixão, companherismo, amizade, aprendermos realmente o significado da frase amor incondicional.
Quem nunca passou pela situação de estar triste, transtornado com algum acontecimento, e foi só olhar para nosso animal para percebermos que não estamos sozinhos no mundo, seu olhar , seu carinho conseguem expressar suas preocupações conosco.
Cada vez mais vejo o quanto é importante termos animais ao nosso redor, e fico cada vez mais feliz em poder ajudá-los. Sei que todos que têm amor ao seus animais pensam da mesma forma que eu!
Aí vai uma declaração de amor aos cães que achei maravilhosa, que com certeza ocorre da mesma forma com nosso bichanos felinos!!!!!

Dra Raquel Maskovic

"Existem pessoas que não gostam de cães.
Estas, com certeza, nunca tiveram em sua vida um amigo de quatro patas.
Ou, se tiveram, nunca olharam dentro daqueles olhos para perceber quem estava ali.
Um cão é um anjo que vem ao mundo ensinar amor.
Quem mais pode dar amor incondicional,
Amizade sem pedir nada em troca,
Afeição sem esperar retorno,
Proteção sem ganhar nada,
Fidelidade 24h por dia!

Um cão não se afasta mesmo quando você o agride.
Ele retorna cabisbaixo, pedindo desculpas por algo que talvez não fez.
Lambendo suas mãos a suplicar perdão.

Alguns anjos não possuem asas, possuem quatro patas, um corpo peludo, nariz de bolinha, orelhas de atenção, olhar de aflição e carência.
Apesar dessa aparência, são tão anjos quanto os outros (aqueles com asas) e se dedicam aos seus humanos tanto quanto qualquer anjo costuma dedicar-se.

Que bom seria se todos os humanos pudessem ver a humanidade perfeita de um cão... "

(autor desconhecido)

terça-feira, 10 de março de 2009

CARRAPATOS


Apesar de haver uma maior facilidade de encontrá-los em campos, jardins e matas, nenhum animal está fora do risco de ser infestado por carrapatos. Basta levá-lo para passear na rua, e seu animalzinho pode ser contaminado por esse parasita que se alimenta de sangue.
Esses parasitas podem transmitir doenças como a Erliquiose (bactéria) e a babesiose (protozoário), portanto, ao aparecimento de picadas ou de carrapatos em seu animal, leve-o ao veterinário ou comunique-se com ele a respeito dos métodos de prevenção para eliminá-los de seu animal e também do ambiente.
Um exame de sangue rotineiro (hemograma com pesquisa de hematozoário), ou feito 15 dias após a detecção da presença de carrapato, também pode detectar a presença dessas doenças, mesmo em animais que os donos nunca tenham visto um carrapato , pois basta uma picada de um carrapato contaminado para nossos animais se infectarem, onde os sinais clínicos só aparecerão em casos mais avançados.
Lembrando que para essas 2 doenças possuem tratamento, o quanto antes detectado, mais fácil de curá-las.
Dra Raquel Maskovic
MASKOVET CLÍNICA VETERINÁRIA

terça-feira, 3 de março de 2009

ADOÇÃO


Ainda bem que existem protetoras como a Silvana que exercem um lindo e importante papel na sociedade, recolhendo os animais de rua, e ajudando eles a se reestabelecerem, arranjando um dono e um lar para esses animais. Porem esse trabalho exige muito tempo, dedicação e dinheiro , então quem puder ajudar com ração, medicamentos, ou mesmo achando adotantes para esses animais, seria de grande ajuda.
Visitem a página de relacionamento da Silvana, onde ela divulga e conta a história dos animais achados e que estão prontos para serem adotados!
www.orkut.com.br/Main#Album.aspx?uid=16462765715978058742&aid=1207042516
Qualquer dúvida, entrem em contato com a MASKOVET, que faremos o possível para ajudá-los!

MASKOVET CLÍNICA VETERINÁRIA

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2009

CUIDANDO DOS DENTES

Nossos animais precisam também cuidar da boca. Problemas frequentes como mau-hálito, sangramento da gengiva, perda dos dentes são comuns em animais com mais idade.
O ideal é acostumar nossos animais desde pequenos , escovando seus dentes de 2 a 3 vezes por semana, assim evitamos problemas maiores.
Animais que não passam por esse processo semanalmente, necessitam de um tratamento periodontal, que consiste na retirada da placa bacteriana que se forma sobre o esmalte dentário e por toda a boca. A limpeza é feita através dos mesmos equipamentos que utilizamos quando vamos ao dentista: ultrassom e baixa-rotação (retirada dos cálculos e polimento).
Esse procedimento é realizado somente sob anestesia geral, pois precisamos limpar profundamente todos os dentes, inclusive a parte de dentro. A anestesia é sempre feita por uma especialista, para deixar nossos animais seguros enquanto todo o procedimento é realizado.
Em animais idosos, sempre solicitamos os exames pré-cirúrgicos para saber se o animal está em plenas condições de entrar em uma anestesia geral. Exames como hemograma, função renal, função hepática e um eletrocardiograma são importantes para sabermos as condições físicas.
" A saúde começa pela boca".
Atenciosamente
Dra Raquel Maskovic
CRMV-SP 20001

terça-feira, 17 de fevereiro de 2009

CARNAVAL







Bom dia!

Estamos aqui para avisar que dia 23 e 24 não estaremos em funcionamento devido ao feriado de Carnaval... Já dia 25 estaremos funcionando pela manhã, mas qualquer emergência entrem em contato pelo celular 8256-3909.
Estamos preparando nossos clientes para pular o carnaval, essa semana todos irão sair a carater da MASKOVET. Espero que vocês gostem da surpresa.
Lembrando , se vocês foram viajar, sempre deixem os animais em um lugar tranquilo e fresco no transporte, pois essa época de calor é muito estressante para nossos bichinhos. Alguns cães se assustam com o barulho de fogos ou com a agitação. Consulte sempre um médico veterinário previamente a administração de qualquer medicação.
Tenha uma boa semana.
MASKOVET CLÍNICA VETERINÁRIA

quarta-feira, 11 de fevereiro de 2009

GATOS: COMPORTAMENTO


Muitas pessoas não imaginam o que é ter um gatinho de estimação, não entendem seu comportamento, já tendo a idéia formada do gato ser um animal traiçoeiro.
Diferentemente do que a maioria das pessoas pensam, os gatos são ótimos companheiros, brincalhões, amigos e conseguem manter ainda parte do seu ar selvagem, o que os fazem ser mais interessantes.
Por viverem muito bem em ambientes pequenos, são mais fáceis de se manterem em apartamentos e não necessitam de companhia constante,como os cães.
Os animais inteiros são mais sujeitos a brigas, fugas, atropelamentos por se exporem mais do que os castrados. Também gostam de demarcar território urinando em locais desapropriados, deixando o cheiro forte no ambiente. Por esses motivos, a castração é uma ótima alternativa.
Gatos são animais muitos sensíveis e delicados, só que tem o prazer de sua companhia consegue entender esse relacionamento. Podem viver até os 18 anos,e assim como qualquer animal de estimação, necessitam de cuidados até o fim da vida.
" Todos os animais nascem iguais perante a vida e tem os mesmos direitos à existência"

Dra Raquel Maskovic
CRMV 20001

terça-feira, 10 de fevereiro de 2009

CASTRAÇÃO



Nosso intuito como médicos veterinários é fornecer todas as informações necessárias para o bem estar de seu animal.
Já é estudado todos os benefícios de esterelizar fêmeas e machos. Aí vão eles:
FÊMEAS:
- Cio deixa de ocorrer
- Cadela e a gata deixam de atrair os machos e procriar
- O animal fica mais tranquilo
- Aumenta o periodo de vida do animal
- Diminui os riscos de tumores de mama e útero
- Diminui o risco de transmissão de doenças sexuais.
MACHOS:
- Sem instinto de reprodução, o animal fica mais tranquilo
- Diminui o risco de fulgas atrás das fêmeas
- Diminui a necessidade de marcar território através da urina no ambiente
- Diminui o problema de uivos e latidos excessivos
- Aumenta o periodo de vida do animal

Consulte-nos para saber a respeito de todo o procedimento
Castrar é uma ato de amor!

Dra Raquel Maskovic
CRMV 20001
Avenida nazaré, 278 - Ipiranga
2219-2765/ 2914-6428